PSDB realiza na Bahia primeiro de série de encontros para ouvir os tucanos

Publicado em:

O PSDB realizou na manhã deste sábado (27) o primeiro de uma série de encontros que vão percorrer o país para discutir o seu futuro. “O PSDB será alternativa a essa polarização”, foi assim que afirmou, categórico, Eduardo Leite, presidente nacional do PSDB e governador do Rio Grande do Sul, para um auditório lotado em Salvador, na Bahia.

Eduardo Leite disse que está na Bahia para sensibilizar os tucanos e conclamar a todos para participar do processo de reconstrução do partido, que não passa apenas pelos líderes, mas por todas suas lideranças e filiados. “O fechamento deste processo de diálogos é que vai nos dar o melhor entendimento sobre o que nós somos, qual é o contexto em que nós estamos e, portanto, como é que nós vamos nos posicionar e nos comunicar pra poder voltar a tocar corações e mentes do povo”, afirmou.

Para o presidente do PSDB na Bahia, deputado federal e líder do PSDB na Câmara dos Deputados, Adolfo Viana, além de ouvir as pessoas, o evento também é importante porque motivou os tucanos. “Após essa reunião, e trazendo as demandas daquilo que a Bahia pensa e acredita, além de contribuir com esse programa que o PSDB vai construir pelo Brasil, a gente vai sair desse evento muito motivado. Motivado para transformar de uma vez por todas o PSDB da Bahia em um dos partidos mais fortes desse estado”.

Durante o encontro, lideranças se manifestaram e abordaram temas diversos, como a inclusão de mulheres e negros na política, as políticas públicas do partido para pessoas portadoras de necessidades especiais, o papel dos jovens na política, entre muitos outros. A vereadora de Salvador, Cris Correia, foi uma das lideranças que falou durante o espaço para perguntas. Ela saudou a iniciativa do diálogo. “A gente tá vivendo um momento de transformações e, quando eu digo a gente, não é exclusivamente o PSDB, não. Eu acho que o mundo político está passando por essa fase e o diálogo é a premissa, sim, de que está na hora de construir esse novo momento. Porque o que está aí talvez não seja bem o que a gente deseja”, disse ela.

Da mesma forma, a presidente de honra do PSDB Mulher, Solange Jurema, pediu a palavra e afirmou que é crucial o partido discutir o momento que vive. “Está difícil para todos, não só o Brasil. O mundo passa por um período difícil. Então está na hora de reposicionarmos as nossas crenças e revolucionarmos nossos posicionamentos”, defendeu ela.

Muito aplaudido, Jutahy Magalhães, tucano histórico na Bahia, defendeu que o PSDB não abra mão das bandeiras que tornaram o partido importante para o país. “Nós temos que ter isso: a luta pela inclusão, a compreensão da luta contra a desigualdade e crescimento econômico sustentável. São bandeiras nossas!”, defendeu.

PSDB NA BAHIA – Antes do encontro, Eduardo Leite participou de café da manhã com alguns líderes do PSDB e recebeu a visita cortesia do colega governador Jerônimo Rodrigues, que lhe entregou um presente e desejou boas vindas. Durante a coletiva de imprensa, Leite agradeceu a gentileza do petista, mas lembrou que PSDB e PT seguem tendo visões distintas, especialmente na condução da economia. “Para dar um exemplo, nós entendemos que o marco regulatório do saneamento foi um avanço importante, pois traz o setor privado para promover investimentos que o setor público não tem sido capaz de fazer, com agilidade, para atender as pessoas que mais precisam, pois quem mais sofre com a falta de saneamento é justamente a população mais pobre”.

E finalizou: “Conversar com o governador Jerônimo e ter diálogo com o governo estadual não significa adesão, não significa participação no governo. Significa, sim, ter diálogo, entendimento, para poder atender as necessidades mais urgentes da Bahia. Isso quem vai conduzir é diretório local, que é comandado pelo nosso líder na Câmara dos Deputados, Adolfo Viana”.

Ponto de vista

Últimas postagens

Instituto Teotônio Vilela: SGAS 607 Bloco B Módulo 47 - Ed. Metrópolis - Sl 225 - Brasília - DF - CEP: 70200-670