Força-tarefa do PSDB-Mulher vai percorrer o país capacitando candidatas

Publicado em:

Em reunião virtual da Executiva Nacional do PSDB realizada nesta quinta-feira (03/03), a presidente do PSDB-Mulher, Yeda Crusius, comunicou o início de uma força-tarefa, neste Mês da Mulher, que vai percorrer as cinco regiões do Brasil para mobilizar, identificar e capacitar lideranças femininas e possíveis candidatas às eleições de 2022.

A tucana destacou que, com as novas regras eleitorais que estabeleceram o peso dois para os votos dados a mulheres e pessoas negras, para fins de distribuição dos recursos do Fundo Partidário e do Fundo Especial de Financiamento de Campanhas (FEFC) entre os partidos políticos, o PSDB-Mulher Nacional assume uma nova responsabilidade.

“A responsabilidade do PSDB-Mulher é identificar, mapear em todo o Brasil, mulheres com capacidade de serem eleitas. E para isso, o PSDB-Mulher dá continuidade ao que sempre fez, desde 1998, que é mobilizar, capacitar, e daí por diante”, afirmou Yeda. “Nós criamos uma força-tarefa, composta de mulheres do PSDB das cinco regiões, que vai rodar o Brasil. Vão conversar com as lideranças estaduais. A gente não conversa só em mulheres, ou com mulheres. A gente quer que as mulheres participem mais ativamente dos resultados da política e do próprio fazer político”, disse.

Os encontros serão iniciados por Palmas (TO), capital comandada pela prefeita Cinthia Ribeiro, e deverão ser realizados desde onde os diretórios do PSDB-Mulher mais precisem de organização até onde estão mais estruturados.  A partir dessas conversas, o Secretariado Nacional vai elaborar as Bandeiras Eleitorais que deverão nortear as campanhas das candidatas tucanas, refletindo a realidade pós-pandemia e as principais preocupações da mulher brasileira.

Últimas postagens

Instituto Teotônio Vilela: SGAS 607 Bloco B Módulo 47 - Ed. Metrópolis - Sl 225 - Brasília - DF - CEP: 70200-670