Enterre seus mortos – Ana Paula Maia (2018)

Publicado em:

Uma habilidosa mescla de novela policial, faroeste de horror e romance filos贸fico, escrito por uma das vozes mais originais da literatura brasileira contempor芒nea. Edgar Wilson 茅 “um homem simples que executa tarefas”. Trabalha no 贸rg茫o respons谩vel por recolher animais mortos em estradas e lev谩-los para um dep贸sito onde s茫o triturados num grande moedor. Seu colega de profiss茫o, Tom谩s, 茅 um ex-padre excomungado pela Igreja Cat贸lica que distribui extrema un莽茫o aos moribundos v铆timas de acidentes fatais que cruzam seu caminho. A rotina de Edgar 茅 alterada quando ele se depara com o corpo de uma mulher enforcada dentro da mata. Quando descobre que a pol铆cia n茫o possui recursos para recolh锚-lo, o funcion谩rio decide rebocar o cad谩ver clandestinamente at茅 o dep贸sito, onde o guarda num velho freezer, 脿 espera de um policial que, quando chega, n茫o pode resolver a situa莽茫o. Nos pr贸ximos dias, o improvisado esquife receber谩 ainda outro achado de Wilson: o corpo de um homem. Edgar e Tom谩s n茫o se abalam diante da morte, mas conhecem a fronteira entre o bem e o mal, o homem e o animal. Por isso, os dois decidem dar um fim digno 脿queles infelizes cad谩veres. Em sua tentativa de devolv锚-los ao curso da normalidade, palavra fugidia no universo que Ana Paula Maia constr贸i magistralmente, os dois removedores de animais mortos conhecer茫o o insalubre destino de seus semelhantes. Com uma linguagem seca, que mimetiza as estradas pelas quais o romance se desenrola, a autora faz brotar quest玫es existenciais de dif铆cil resolu莽茫o. O resultado 茅 uma inusitada mescla de romance filos贸fico e faroeste que revela o poderoso projeto liter谩rio de Maia.

Os coment谩rios est茫o desativados.

Cadastre-se e receba as novidades do ITV

Instituto Teot么nio Vilela: SGAS 607 Bloco B M贸dulo 47 - Ed. Metr贸polis - Sl 225 - Bras铆lia - DF - CEP: 70200-670