Recados das Urnas

Publicado em:

Sinais que emanam das elei莽玫es encerradas neste domingo atestam que a popula莽茫o cobra reformas que aproximem representantes de representados, em prol da boa pol铆tica

Para muito al茅m do voto, o comportamento dos eleitores fornece boas pistas para quem busca exercer a boa pol铆tica. Os sinais que emanam das elei莽玫es encerradas neste domingo obrigam os legisladores a procurar reconstruir o arcabou莽o legal que rege o processo eleitoral, o funcionamento dos partidos e a atividade parlamentar com o objetivo maior de aproximar representantes de representados.

Um dos aspectos mais ressaltados destas elei莽玫es municipais foi o alto grau de votos brancos e nulos em determinados pleitos. Em m茅dia, nos 57 munic铆pios onde houve segundo turno, 13,2% dos que compareceram para votar optaram por estas duas alternativas. Em capitais como Rio e Belo Horizonte, o percentual ultrapassou 20%.

Associado a isso est茫o as absten莽玫es, que, na m茅dia, tamb茅m para este mesmo conjunto de munic铆pios, atingiram 20,8%. Os casos mais agudos ocorreram em Ribeir茫o Preto (SP) e Petr贸polis (RJ), ambas com pouco mais de 27%. Nestes casos, sempre podem estar embutidas distor莽玫es em fun莽茫o da defasagem dos cadastros da Justi莽a Eleitoral.

De todo modo, s茫o ambas express玫es distintas de um mesmo fen么meno: certa repulsa do eleitor ao modo como a pol铆tica brasileira vem sendo realizada. Em sentido mais estrito, s茫o um recado direto da avers茫o da popula莽茫o 脿 forma como o pa铆s foi conduzido nos 煤ltimos anos, notadamente de rep煤dio 脿 corrup莽茫o transformada em m茅todo de gest茫o pelos governos do PT e 脿 malversa莽茫o de recursos p煤blicos, executada com o mesmo prop贸sito de hegemonia pol铆tica.

Neste sentido, os resultados que exprimem vit贸ria generalizada do PSDB em 804 munic铆pios e, tamb茅m, de partidos alinhados ao novo governo, bem como a derrocada do PT e seus antigos sat茅lites, indicam que a popula莽茫o cobrar谩 dos gestores ora eleitos absoluta responsabilidade no trato da coisa p煤blica, foco na qualidade dos servi莽os oferecidos ao p煤blico e absoluto zelo 茅tico.

Os sinais que emanam das urnas v茫o al茅m, contudo. A fragmenta莽茫o partid谩ria 鈥 apenas quatro das 35 legendas n茫o elegeram prefeitos e 13 dividir茫o os governos das 26 capitais 鈥 n茫o colabora para o fortalecimento da nossa democracia; antes, a fragiliza, por dificultar o debate ilustrado dos reais problemas do pa铆s: como faz锚-lo com tantos, e, em muitos casos, t茫o pouco representativos, sentados 脿 mesa?

Disso emerge a constata莽茫o imperativa de que a pol铆tica precisa, e deve, ser reformada. Primeiro para que o voto valha e para que o eleitor eleja de fato aqueles em quem votou 鈥 isso se aplica, sobretudo, 脿s elei莽玫es proporcionais. Segundo, para que a pol铆tica represente efetivamente anseios, vis玫es e divis玫es da sociedade 鈥 e n茫o interesses, em alguns casos, quase individuais. Os resultados das urnas demonstram que o eleitor cobra mudan莽as. Resta a quem faz a pol铆tica lev谩-las adiante.

– Carta de Formula莽茫o e Mobiliza莽茫o Pol铆tica N潞 1470

脷ltimas postagens

Instituto Teot么nio Vilela: SGAS 607 Bloco B M贸dulo 47 - Ed. Metr贸polis - Sl 225 - Bras铆lia - DF - CEP: 70200-670