Slide

Ponto de vista

‚ÄúDemocracias avan√ßadas optaram por governos centristas que oferecem o n√£o radicalismo, a capacidade de di√°logo, a previsibilidade e a estabilidade.‚ÄĚ

Marcus Pestana

‚ÄúO Brasil n√£o tem mais espa√ßo para autoritarismos, estejam eles em qualquer esfera de poder. N√£o h√° mais espa√ßo para divis√Ķes entre n√≥s e eles. Antes do embate, precisamos de composi√ß√£o. Antes de qualquer coisa, cicatrizar as feridas, e n√£o abrir novas. Antes de nomes, ideias‚ÄĚ

Eduardo Leite

‚ÄúUm estado mais enxuto consegue ser mais atento aos mais pobres e mais humildes.‚ÄĚ

Jo√£o Doria

‚ÄúO dia 20 de novembro marca a import√Ęncia das discuss√Ķes e a√ß√Ķes para combater o racismo e a desigualdade no pa√≠s. Tamb√©m refletimos sobre os avan√ßos e os desafios na luta do povo negro na efetiva√ß√£o da igualdade de oportunidades sendo protagonista de sua pr√≥pria historia. Para isso precisamos ocupar os espa√ßos de poder e decis√£o, pois n√£o h√° democracia sem igualdade de oportunidades.‚ÄĚ

Gabriela Cruz

‚ÄúN√£o adianta buscar culpados ou se esquivar dos problemas. Eles est√£o a√≠ e precisam ser resolvidos com muito trabalho. √Č isso que os brasileiros realmente esperam.‚ÄĚ

Rodrigo de Castro

‚ÄúToda cr√≠tica que uma mulher na pol√≠tica recebe √© viol√™ncia e machismo? N√£o. Mas toda viol√™ncia e machismo que uma mulher recebe na pol√≠tica vem mascarado de cr√≠tica.‚ÄĚ

Aava Santiago

‚ÄúRecurso p√ļblico tem que ser igual o or√ßamento de casa, tem que ser bom, bonito e barato. Aquele tempo da maquiagem ficou no passado.‚ÄĚ

Cinthia Ribeiro

‚ÄúQuando os governantes se unem com o prop√≥sito de melhorar a qualidade de vida das pessoas, as obras acontecem, as oportunidades de empregos surgem e o desenvolvimento vem.‚ÄĚ

Reinaldo Azambuja

‚ÄúTodos n√≥s devemos trabalhar para que o Brasil volte a ser um pa√≠s tolerante e de respeito √†s opini√Ķes e aos poderes.‚ÄĚ

Tasso Jereissati

‚ÄúGovernar √© escolher e n√≥s escolhemos dar para aqueles que precisam.‚ÄĚ

Bruno Covas

‚ÄúDevemos garantir que todos tenham direito de aprender, ter independ√™ncia e realizar sonhos. Vamos juntos pela educa√ß√£o.‚ÄĚ

Raquel Lyra

‚ÄúQuanto mais inflado o estado fica, mais pobre fica a popula√ß√£o.‚ÄĚ

Mara Gabrilli

‚ÄúPara levar em conta as peculiaridades e as necessidades de cada popula√ß√£o local, ningu√©m melhor do que o prefeito ou a prefeita. Por isso, a gente precisa ter recurso, autonomia financeira para poder fazer a pol√≠tica p√ļblica moldada √†s necessidades de cada regi√£o. Quando a gente conseguir virar essa chave, n√≥s vamos dar um salto de qualidade na administra√ß√£o p√ļblica.‚ÄĚ

Paula Mascarenhas

‚ÄúHoje, n√≥s j√° somos em quase 15%, mas precisamos avan√ßar, precisamos ocupar esses espa√ßos. Por qu√™? Queremos estar √† frente dos homens? N√£o, n√£o √© esse o objetivo. Na minha vis√£o, n√≥s precisamos estar ao lado, discutindo pol√≠ticas p√ļblicas com igualdade. √Č isso que n√≥s queremos.‚ÄĚ

Geovania de S√°

“O PSDB tem orgulho de ser um partido de centro, propositalmente distante das posi√ß√Ķes extremadas e busca estar pr√≥ximo da m√©dia do pensamento pol√≠tico brasileiro que n√£o gosta dos radicalismos.”

Paulo Abi-Ackel

‚ÄúA participa√ß√£o das mulheres na pol√≠tica deve ser prioridade para a constru√ß√£o de um pa√≠s mais moderno e justo‚ÄĚ

Bruno Ara√ļjo

‚ÄúA oposi√ß√£o entre ‚Äėvelha‚Äô e ‚Äėnova‚Äô pol√≠tica n√£o leva √† boa pol√≠tica de que precisamos.‚ÄĚ

Fernando Henrique Cardoso

‚ÄúSobretudo em momentos de polariza√ß√£o e acirramento ideol√≥gico, temos a obriga√ß√£o de cultuar e proteger as liberdades individuais, a democracia, a toler√Ęncia, o n√£o uso da viol√™ncia.‚ÄĚ

Pedro Cunha Lima

ITV Indica

Notícias

Instituto Teot√īnio Vilela: SGAS 607 Bloco B M√≥dulo 47 - Ed. Metr√≥polis - Sl 225 - Bras√≠lia - DF - CEP: 70200-670