Negócios em família

Publicado em:

Os Lula da Silva mais parecem uma holding, de ramificados negócios. Aproveitaram o acesso privilegiado ao poder franqueado pelo prestígio do pai para fazer polpudos negócios

Carta de Formula√ß√£o e Mobiliza√ß√£o Pol√≠tica, 27 de outubro de 2015, N¬ļ 1248

Luiz In√°cio Lula da Silva tornou-se presen√ßa constante nas p√°ginas policiais dos jornais brasileiros. N√£o apenas o ex-presidente como tamb√©m seus filhos e familiares pr√≥ximos s√£o alvo de investiga√ß√Ķes em marcha. Quem queria entrar para a hist√≥ria como celebridade mundial agora figura nas listas mais sujas da corrup√ß√£o. Triste ocaso. Lula tem cinco filhos. At√© agora, tr√™s deles j√° tiveram seus nomes envolvidos em suspeitas de irregularidades, sempre com tra√ßo comum: teriam usado acesso privilegiado ao poder franqueado pelo prest√≠gio do pai para fazer neg√≥cios privados. Transformaram a oportunidade aberta pela ascens√£o do petista ao Planalto em balc√£o de neg√≥cios. Ontem, as suspeitas escalaram mais um ‚Äď ali√°s, v√°rios ‚Äď degraus. A Pol√≠cia Federal realizou busca na sede de uma das empresas de Luis Claudio Lula da Silva, o filho mais novo de Lula. Ele √© suspeito de liga√ß√£o com lobistas que negociaram com o governo do PT a edi√ß√£o de medidas que beneficiaram a ind√ļstria automobil√≠stica ‚Äď o setor mais bem tratado pelos petistas, favorecido sempre pelos mais polpudos incentivos fiscais. Al√©m de Luis Cl√°udio, a PF apontou ‚Äúconluio‚ÄĚ de Gilberto Carvalho ‚Äď um dos auxiliares mais antigos e diretos de Lula e ex-secret√°rio-geral do gabinete de Dilma Rousseff ‚Äď com o grupo de fraudadores. Mais: um dos presos, que pagou R$ 1,5 milh√£o √† empresa do filho de Lula sabe-se l√° por que, √© chapa do ex-presidente desde a √©poca em que ele deflagrava greves em S√£o Bernardo do Campo, registra hoje¬†O Estado de S. Paulo. Os Lula da Silva mais parecem uma holding, de ramificados neg√≥cios. Segundo a¬†Folha de S.Paulo, o ex-presidente e seus filhos possuem ou t√™m participa√ß√Ķes em nada menos que 18 empresas. O que, diabos, elas fazem? Seriam uma forma de garantir que a fam√≠lia goze perpetuamente das del√≠cias que experimentou nos anos em que o patriarca comandou o pa√≠s? Os casos de enriquecimento vertiginoso da fam√≠lia s√£o not√≥rios, como o de F√°bio Luis Lula da Silva, cuja¬†Gamecorp¬†se associou a operadora de telefonia e o tornou um novo rico. Nas √ļltimas semanas, tamb√©m vieram a p√ļblico suspeitas de que uma¬†nora de Lula¬†tenha recebido R$ 2 milh√Ķes de um dos principais envolvidos na rede de falcatruas tecida no Pal√°cio do Planalto desde a ascens√£o do PT. At√© um¬†sobrinho do ex-presidente¬†figura como suspeito de receber igual bolada. V√™-se como a fam√≠lia √© pr√≥spera… Pode-se dizer que os Lula da Silva seguem¬†o exemplo que vem de cima. O pr√≥prio Lula tem contra si acusa√ß√Ķes de ter interferido em contratos da Petrobras, de ter feito tr√°fico de influ√™ncia, de ter realizado palestras de fachada para receber dinheiro de empreiteiras amigas, de ter levantado grana de caixa dois para campanhas eleitorais e ainda de ter se beneficiado do petrol√£o. Como se v√™, tanto o pai ilustre quanto os filhos e parentes pr√≥speros t√™m muita coisa a ser investigada.

√öltimas postagens

Instituto Teot√īnio Vilela: SGAS 607 Bloco B M√≥dulo 47 - Ed. Metr√≥polis - Sl 225 - Bras√≠lia - DF - CEP: 70200-670