Segurança Pública
Atlas da Violência: São Paulo tem a menor taxa de homicídios do país
06 de Junho de 2019
O Estado de São Paulo tem a menor taxa de homicídios de todo o país, além de apresentar a maior redução nesta modalidade criminal entre 2007 e 2017, segundo o Atlas da Violência 2019, divulgado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea).

O Atlas da Violência mapeia os indicadores de violência em todo o país e é realizado em parceria com o Fórum Brasileiro de Segurança Pública. De acordo com o levantamento, São Paulo teve uma queda de 33,5% na taxa de homicídios dolosos por 100 mil habitantes, entre 2007 (quando o índice foi de 15,4) e 2017, ocasião em que o indicador foi de 10,3 ocorrências. Trata-se do menor índice do país.

Durante o mesmo período, a média brasileira teve aumento de 24% chegando a 31,6 por 100 mil habitantes em 2017.

Indicadores ainda mais recentes da Secretaria da Segurança Pública, divulgados em abril, apontam que a taxa de homicídio no Estado foi de 6,54 por 100 mil habitantes, no período de maio de 2018 a abril deste ano. O índice é o mais baixo da série histórica da Secretaria da Segurança Pública de São Paulo, que começa em 2001.

Jovens, negros e mulheres
O Atlas da Violência 2019 mostra ainda que São Paulo teve também a menor taxa de homicídios de jovens, negros e de mulheres.

O Estado foi o que mais reduziu a quantidade de homicídios dolosos de pessoas entre 15 e 29 anos no Brasil. A diminuição foi de 35,7% em dez anos. No período, a taxa caiu de 28,7 (em 2007) para 18,5 homicídios por 100 mil jovens, em 2017.

Houve redução expressiva também nos casos de homicídios de pessoas negras no período analisado. A diminuição foi de 40,7% - é a maior redução do país. O índice passou de 21,3 (em 2007) para 12,6 homicídios por 100 mil habitantes negros, em 2017. É a menor taxa do país.

Com relação a taxa de homicídio de mulheres, o registro de 2017 é de 2,2 por 100 mil, ante 2,8 por 100 mil, em 2007. Houve queda de 22,5% e o número de 2017 é o menor para esta modalidade criminal de todo o país.
Armas de fogo

Quando considerados os homicídios cometidos com a utilização de armas de fogo, os números do Estado de São Paulo seguem como os menores de todo o país. Houve redução de 43,9% nos índices, considerando a taxa de 10 por 100 mil habitantes em 2007 e de 5,6 por 100 mil habitantes em 2017.

Para efeito de comparação, no mesmo período, a taxa de homicídios no Brasil aumentou 26,9%, partindo de 18 por 100 mil habitantes em 2007 para 22,9 por 100 mil habitantes em 2017.

(*) Do portal do Governo do Estado de São Paulo

Comentários