Reformas Estruturais
Quem está infeliz com a PEC do Teto são os que pilharam o estado brasileiro, diz José Aníbal
27 de Outubro de 2016
O presidente do Instituto Teotônio Vilela (ITV), senador José Aníbal, afirma que a votação da chamada PEC do Teto, concluída nesta semana pela Câmara dos Deputados, deve ser comemorada como o primeiro passo para reconstruir as contas públicas e fazer o Brasil sair da recessão econômica deixada como herança maldita pelo lulopetismo. O texto agora será discutido e votado no Senado Federal, o que deve ser concluído até meados de dezembro.

"O lulopetismo destruiu a economia brasileira e exauriu o Tesouro", diz José Aníbal, em defesa da aprovação da PEC do Teto com a mesma redação vinda da Câmara. "A bola agora está com o Senado, nós temos o compromisso de votar até meados de dezembro, em dois turnos, para que essa PEC possa efetivamente contribuir, já no início do ano que vem, para a construção de um novo país, que vai recuperar suas contas públicas, a credibilidade, o investimento e o emprego."

O presidente do ITV também lembra que as eleições municipais demonstraram a rejeição dos brasileiros ao lulopetismo e o apoio às reformas para recuperação do país. José Aníbal lembra que a PEC do Teto é o primeiro passo, mas não o único, para o Brasil retomar o caminho do crescimento econômico. "Os parlamentares estão ativos e atentos a votar a favor do Brasil na sua maioria. O que foi na Câmara nós vamos fazer também no Senado."

Veja abaixo a mensagem do presidente do ITV, senador José Aníbal
 

Comentários