Reforma Política
Líderes destacam papel do PSDB na reconstrução do Brasil
31 de Março de 2017
Líderes do partido no Senado e na Câmara mostram como patrimônio tucano tem contribuído para o país sair da crise 



O PSDB nunca virou as costas para o Brasil. E agora, mais do que nunca, o partido tem se comprometido em ajudar na superação da maior recessão da história. Além da crise econômica, o país enfrenta problemas de queda na credibilidade da atividade política e de comportamento ético nas esferas pública e privada. Trata-se de um momento que deve ser encarado como oportunidade de mudança e de início de um ciclo virtuoso de aprimoramento da nação, rumo a um país com menos pobreza e desigualdade, como prega a via da social-democracia que deu origem ao PSDB.

Para tanto, o partido sempre atuou com seriedade e consolidou o "jeito tucano de governar". Isto é, reunir por meio da política qualificação profissional, responsabilidade fiscal, eficiência na gestão pública e coragem para enfrentar a realidade, muitas vezes dura, com competência, debate e transparência. É com esse patrimônio de princípios, valores e ações que o PSDB tem trabalhado para fazer as mudanças necessárias que vão modernizar e fazer o Brasil voltar a crescer.

Em entrevista ao ITV, os líderes tucanos no Senado, Paulo Bauer, e, na Câmara, Ricardo Tripoli, explicam o papel das lideranças no Congresso Nacional diante da atual conjuntura, assim como a atuação do PSDB no apoio às propostas de recuperação econômica encaminhadas pelo governo, em especial no que se refere às reformas estruturantes.

"É possível fazer a reforma da Previdência sem prejudicar o trabalhador e o aposentado. Nós queremos assegurar os direitos de quem já está aposentado e garantir a aposentadoria de quem já está trabalhando e vai se aposentar no futuro", diz Paulo Bauer. O senador tucano defende a celeridade da tramitação da proposta, sem abrir mão da seriedade do debate em torno da medida. "O PSDB não tem medo nem restrições em discutir esse assunto e contribuir para que se faça a melhor reforma da Previdência, que nós já tivemos em nosso país."




Já Ricardo Tripoli destaca outra importante pauta para o atual momento do país: a reforma política. O PSDB já se posicionou contra oportunismos e defende mudanças efetivas em prol da melhor representatividade política, como o fim das coligações proporcionais e a cláusula de barreira contra "partidos de aluguel", que deturpam a atividade em interesse próprio. "Não existe dinheiro público, existe o dinheiro seu, o dinheiro que você arrecada, que você paga imposto e que você delega à classe política para administrar. A responsabilidade do político é muito maior. Essa é a diferença que existe entre os deputados do PSDB", avalia. "Dizemos para a sociedade o que vem acontecendo e por que as medidas estão sendo tomadas. Nós jogamos limpo."

Comentários