PSDB
Juventude do PSDB sai em caravana pelo Nordeste para reascender militância tucana na região
23 de Abril de 2019
O Instituto Teotônio Vilela (ITV) e Juventude do PSDB (JPSDB Nacional) são parceiros na Caravana da Juventude pelo Nordeste. O projeto vai promover encontros de jovens tucanos nos nove estados da região, mobilizando a militância e reforçando o papel do PSDB como protagonista na proposição de políticas públicas que beneficiaram e continuam beneficiando o Nordeste e o país.

Com início no próximo dia 28, em Salvador, o grupo da JPSDB vai passar por Aracaju, Maceió, Caruaru, João Pessoa, Bento Fernandes, Fortaleza, Teresina e Barra do Corda. (CLIQUE AQUI e confira a programação)

"A ideia é mostrar os reais desafios de integração na região e falar com a militância sobre a importância das lideranças que temos no Nordeste, sobre os bons projetos que essas pessoas apresentaram, implantaram e continuam implantando", diz o presidente nacional da JPSDB, Marcos Saraiva. "Queremos reascender o orgulho de ser um jovem tucano nordestino", completa.

Leia a entrevista do presidente da JPSDB Nacional e saiba mais sobre a Caravana


Como surgiu o projeto da Caravana da Juventude pelo Nordeste?

A Caravana surgiu da constatação de que o PSDB obteve um resultado eleitoral menor que a sua capacidade histórica no Nordeste.

Temos uma história forte na região, lideranças como Tasso Jereissati, incansável na luta pela erradicação da miséria no Ceará; Cássio Cunha Lima, na Paraíba; Roberto Rocha, senador do Maranhão com muitos projetos na área social; Albano Franco, em Sergipe; Pedro Cunha Lima e muitos outros bons quadros. A ideia é percorrer os estados, mostrar os reais desafios de integração e falar com a militância sobre a importância dessas lideranças que temos no Nordeste, falar dos bons projetos que essas pessoas apresentaram, implantaram e continuam implantando. Queremos reascender o orgulho de ser um jovem tucano nordestino.

Gostamos muito da música Alucinação, do Belchior. Ela diz: "Eu não estou interessado em nenhuma teoria. Amar e mudar as coisas me interessa muito mais". É o ir e fazer. Vamos para algumas capitais e também vamos para o interior do Nordeste - Barra do Corda, no Maranhão; Caruaru, no agreste pernambucano; e Bento Fernandes, no coração do Rio Grande do Norte - chamar a militância tucana, em especial, a juventude.

Qual o papel do ITV nesse processo?
A realização do projeto só está sendo possível com o incentivo do ITV, que apoia e sempre apoiou a Juventude.

Ao chamar a Juventude para essa parceria, o Instituto assume sua verdadeira finalidade, que é formar os quadros do PSDB. Nesse projeto, o ITV entra como formador de lideranças e a Juventude fica responsável pela prospecção desses novos quadros.

Há um desânimo dos jovens com a política? O PSDB perdeu militantes na juventude?
Perdemos muito, tanto para a esquerda quanto para a extrema direita. E também houve um desânimo dos nossos militantes que não foram para nenhum dos lados.

Na verdade, ficou muito difícil fazer um discurso moderado num momento em que as pessoas não querem moderação, não querem algo que transite com boas propostas sem ser radical. A extrema direita quer que você não seja petista e agrida quem é, e a esquerda chama de fascista quem não concorda com ela. Ficou muito difícil, primeiro, colocar uma agenda de centro e, depois, convencer as pessoas de que quem tem essa agenda moderada é o PSDB.

Comentários