PSDB lança candidaturas nas principais capitais do Brasil
27 de Julho de 2016

As primeiras convenções municipais realizadas Brasil afora neste final de julho demonstraram a forte presença do PSDB nas cinco regiões do país. O partido terá candidatos a prefeito em 13 das 26 capitais brasileiras, dos quais 4 são prefeitos que vão buscar a reeleição. Além disso, serão pelo menos mais 6 candidatos a vice, dos quais 3 em chapas de prefeitos em condições de renovarem seus mandatos. As 13 cidades em que os tucanos vão disputar o comando das prefeituras somam nada menos do que 23,7 milhões de eleitores.


O PSDB terá candidato próprio a prefeito em três dos quatro maiores colégios eleitorais do país: São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte. A exceção é Salvador. Já foram confirmados em convenções municipais os nomes de João Doria, na capital paulista, e do deputado estadual Carlos Osório, no Rio.


Em São Paulo, a chapa tucana será "pura", com o deputado federal Bruno Covas na vice. No Rio, Osório terá o desafio de propor uma nova agenda para a cidade-sede da Olimpíada, "levantando os tapumes das obras e priorizando a atenção às pessoas e o bom funcionamento dos serviços públicos", como definiu o candidato. Em Belo Horizonte, o PSDB será representado pelo deputado estadual João Leite, "um dos mais qualificados parlamentares da sua geração, conhecedor profundo da realidade da capital mineira e do estado", nas palavras do presidente nacional do partido, senador Aécio Neves.


Também já foi confirmada em convenção a candidatura do deputado federal Daniel Coelho na disputa pela prefeitura do Recife. Outros parlamentares da bancada tucana que vão disputar eleições neste ano são Giuseppe Vecci, em Goiânia; Mariana Carvalho, em Porto Velho; e Nelson Marchezan Júnior, em Porto Alegre. Em Natal, a candidata tucana será a deputada estadual Márcia Maia.


 


Reeleição

Além disso, o PSDB disputará a reeleição em quatro capitais cujos prefeitos estão entre os mais bem avaliados do País: Rui Palmeira, em Maceió; Zenaldo Coutinho, em Belém; Firmino Filho, em Teresina; e Arthur Virgílio Neto, em Manaus.


Os tucanos vão apresentar candidato a vice em outra gestão bem avaliada do país, a de Antônio Carlos Magalhães Neto (DEM) em Salvador, terceiro maior colégio eleitoral do país. O PSDB vai indicar nomes para as chapas dos prefeitos candidatos à reeleição João Alves (DEM), em Aracaju, e Luciano Cartaxo (PSD), em João Pessoa. Também terão tucanos candidatos a vice-prefeito Capitão Wagner (PR), em Fortaleza, Eliziane Gama (PPS), em São Luís, e Raimundo Vaz (PR), em Rio Branco.

Comentários