Política Externa
José Serra e Bruno Araújo são empossados como ministros
12 de Maio de 2016

O senador José Serra (PSDB-SP) e o deputado Bruno Araújo (PSDB-PE) foram empossados, no final da tarde desta quinta-feira (12), como ministros do governo do presidente em exercício Michel Temer. Serra ocupará a pasta das relações exteriores, enquanto Bruno Araújo passa a comandar o Ministério das Cidades.


O mais novo ministro das Cidades destacou, em entrevista coletiva após a cerimônia de posse, que não só ele, como todos os novos ministros anunciados pelo peemedebista devem ter como prioridade uma melhor gestão dos recursos dentro de cada pasta.


“Cada ministro vai fazer o seu papel de encontrar como aprimorar a qualidade da gestão, auditar os números que foram apresentados ao país até agora, apresentar propostas que reduzam a burocracia, que reduzam as amarras ideológicas que afastam o capital privado da participação, para poder fornecer mais elementos de atendimento à sociedade. Enfim, um diagnóstico e propostas que avancem nos programas sociais”, ponderou Araújo.


“Esperamos ter, em duas semanas, a montagem dessa equipe. A partir daí, nós vamos pedir o máximo de brevidade para que a equipe, além do diagnóstico, apresente sugestões de evolução e desenvolvimento desse programa que será apresentado ao presidente da República e, em sendo autorizado, implementado”, revelou o tucano.


A frente do ministério, Bruno Araújo será o responsável, por exemplo, por políticas de desenvolvimento urbano, ações setoriais de habitação, saneamento ambiental, transporte urbano e trânsito e participação na formulação das diretrizes gerais para conservação dos sistemas urbanos de água, entre outras atribuições. Diretamente subordinada à Presidência da República, a pasta tem autonomia técnica, financeira e administrativa para realizar as ações de sua competência.


Já o ministro Serra deve conduzir a pasta de relações exteriores fortalecida pela área de comércio exterior, até então de responsabilidade do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. No Itamaraty, o tucano será o encarregado pela política externa e pelas relações internacionais do Brasil.



Histórico dos novos ministros tucanos


José Serra (PSDB-SP) – Ministério das Relações Exteriores


O senador José Serra é economista, com mestrado e doutorado em Ciências Econômicas pela Universidade de Cornell, nos EUA, e um dos fundadores do PSDB. Foi secretário de Economia e Planejamento do Estado de São Paulo no governo Franco Montoro (1983-1987). Como deputado federal, apresentou a emenda que criou o Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT).


Foi ministro do Planejamento e da Saúde durante o governo do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (1994-2002). Sob o seu comando, foi criada a lei de incentivo aos medicamentos genéricos. Foi eleito prefeito de São Paulo, em 2004, e governador do Estado, em 2006. Concorreu à Presidência da República como o candidato do PSDB, em 2002 e 2010. Em 2014, elegeu-se senador da República com mais de 11 milhões de votos.


Bruno Araújo (PSDB-PE) – Ministério das Cidades


O deputado federal Bruno Araújo é advogado, formado pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Foi duas vezes deputado estadual e está em seu segundo mandato na Câmara Federal. Nesse período, foi eleito líder do PSDB na Casa, coordenando uma bancada de mais de 50 deputados, e presidente da Comissão de Ciência e Tecnologia. Foi o autor da proposta que acabou com os impostos federais sobre os produtos que compõem a cesta básica.

Comentários