'O PT instituiu a corrupção de coalizão no Brasil', diz José Aníbal em entrevista à TVeja
José Aníbal
José Aníbal
05 de Abril de 2016

 






Em entrevista à TVeja publicada nesta segunda-feira (4), o presidente do Instituto Teotônio Vilela (ITV), José Aníbal, faz um balanço do cenário político atual, defende o impeachment da presidente Dilma Rousseff e afirma que o 'PSDB tem que dar sustentação' a um governo de recuperação do Brasil pós-PT.


Questionado se o pedido de impeachment da presidente Dilma Rousseff alcançará os votos necessários para passar na Câmara dos Deputados, o presidente do ITV disse acreditar que sim. "Eu acho que é possível conseguir os 342 votos. Eu sempre disse que o Parlamento é um pouco da fotografia do Brasil. O espírito público dos parlamentares, mesmo daqueles mais propensos a uma acomodação, vai ser aguçado pela população. Esse governo, desde o mensalão, optou por uma operação parlamentar que não foi de presidencialismo de coalizão, foi de roubalheira de coalizão, corrupção de coalizão. E através desse arranjo político corrupto e corruptor ele construiu as maiorias políticas que teve durante esse tempo todo, até a Lava Jato. O PT travou qualquer bom debate no Parlamento. O Brasil vai fortalecer a sua democracia se emancipando desse governo ruinoso do PT", afirma.





 

Comentários