Notícias
Estudo mostra que país investe pouco em infraestrutura
11 de Novembro de 2014

“O desempenho do Brasil na área de infraestrutura nos últimos anos foi pífio em comparação ao de países emergentes e desenvolvidos.”


É o que relata matéria publicada pelo jornal Folha de S.Paulo, nesta segunda (10), que traz um comparativo entre o que foi realmente executado e a qualidade das obras.


Conforme a Folha, dados dos “economistas João Manoel Pinho de Mello, do Insper Instituto de Ensino e Pesquisa, e Vinícius Carrasco, da PUC-Rio, mostram que a qualidade da infraestrutura piorou em vários aspectos em anos recentes e que o volume de investimento ainda é baixo.”


“Estatísticas do relatório de competitividade do Fórum Econômico Mundial indicam que a qualidade geral da infraestrutura brasileira teve recuo de 2,1% entre 2010 e 2014”, descreve a reportagem.


Na avaliação do deputado federal Raimundo Gomes de Matos (PSDB-CE), ficou patente a falta de gestão do governo petista em relação às obras de infraestrutura no país.


E explica: “Não foi questão orçamentária. O orçamento aprovado pelo Congresso dava condições para que o governo executasse as obras estruturantes, como a Transposição do Rio São Francisco.”


Segundo Matos, o que se observa, em especial, com relação ao Nordeste, é que o que foi feito não chega a 20%. “Houve muita publicidade, mas a falta de coordenação para a execução dessas obras deixou um Custo Brasil elevado, com aditivos, por exemplo.”


Além disso, prossegue o deputado, a infraestrutura portuária também perdeu uma grande oportunidade de crescer, muito em função desses gargalos.


No dia 25, o assunto estará em pauta em audiência pública na Comissão de Agricultura da Câmara, com foco nas obras da Transnordestina.


(Do site do PSDB na Câmara)

Comentários