Jovens de todo o Brasil se reúnem em Brasília para o 2º Congresso Nacional da Juventude do PSDB
04 de Julho de 2016

A Juventude do PSDB realizou em Brasília, na sexta (01/07) e no sábado (02/07) o seu 2º Congresso Nacional. Com o tema “Selfie – O retrato de uma juventude engajada”, o evento reuniu centenas de jovens e caravanas de todas as partes do país para uma série de debates, palestras e workshops de capacitação política. “O objetivo é que os jovens passem a se entender como protagonistas da própria trajetória”, destacou o presidente nacional da Juventude do PSDB (JPSDB), Henrique Vale.


“Esse congresso é uma mistura de entrega de conteúdo e capacitação instrumental. Daqui sairão jovens mais capacitados para construir o país que a gente precisa”, afirmou Henrique. “Aproveitem cada palestra, cada evento, e comecem a realizar a mudança que não é o partido que precisa, é o país que precisa”, conclamou aos presentes no encontro.


O Congresso, uma parceria abraçada pelo Instituto Teotônio Vilela, contou com palestras de capacitação e com a participação de todos os segmentos do partido - PSDB Mulher, Diversidade Tucana, Tucanafro, PSDB Sindical. 

O presidente do Instituto, senador José Aníbal (PSDB-SP), foi um dos palestrantes do evento. Ao lado do professor Raul Christiano, também conselheiro do ITV, ele relembrou a história do PSDB e debateu sobre o futuro da social-democracia brasileira.

"A Social-Democracia firmou-se no Brasil após a Constituição Federal de 1988, com a criação do PSDB. O partido foi formado por lideranças que não viam mais no governo as as condições de viabilizar o combate à inflação, a retomada da credibilidade e do crescimento", destacou. "Seis anos depois, os compromissos assumidos na criação do partido deram origem ao programa de governo do PSDB.", completou.

Segundo Aníbal, o partido viveu um grande momento em 2014, quando o então candidato a presidente, Aécio Neves, resgatou o legado econômico e social dos governos de Fernando Henrique Cardoso. "Mostramos as mazelas que o abandono desse legado estava causando e que vamos pagar por muitos anos. Isso deixou a ação dos nosso adversários mais deletéria. Criminalizaram o debate, fizeram uma campanha de mentiras", afirmou. "Agora o PSDB vive um momento de rejuvenescimento. Estamos trabalhando para tirar o Brasil da crise  e criando condições para vencermos as eleições de 2018", concluiu. 



O presidente do PSDB pediu aos jovens que sejam atuantes na defesa da ética na vida pública e que se preparem para defender de cabeça erguida as ideias do partido nas eleições municipais deste ano. 
“Temos que ser atuantes, não vai faltar da direção nacional do partido apoio, sustentação, e mais do que isso, estímulo para que vocês percorram o Brasil, façam grupos, vão a outros estados, façam reunião entre estados, troquem experiências para que nós possamos, nessa eleição, demonstrarmos ao restante do Brasil aquilo que nós já temos consciência: nós somos essenciais. A juventude não pode ser sempre uma promessa de futuro. Nós somos a garantia do presente do país”, afirmou.


Aécio Neves destacou que a juventude não pode perder a crença na política, porque esta é a essência da democracia. “Nessa hora de tanta desmoralização que estamos assistindo no Brasil, só tem uma razão que justifica a gente fazer política: é acreditar. Não dá para você ficar na política para querer um cargo, uma posição, um benefício, qualquer que seja. Para fazer política, as pessoas de bem, se a gente sonhar, se a gente acreditar, é a política que vai transformar a vida das pessoas. Não tem política onde não tem democracia. Vamos resgatar a boa política”, ressaltou.

"Mulheres devem ser protagonistas de seus destinos", defendem jovens tucanas
O Congresso Nacional da Juventude do PSDB também foi marcado pela reivindicação das jovens tucanas por mais espaço nas Executivas da Juventude nacional, estaduais, municipais e na política Brasil afora. Ao lado de Aécio Neves, José Aníbal e Henrique Vale, a presidente da Juventude do PSDB de Goiás, Ava Santiago, leu uma carta ao Brasil. 
“Hoje, pela primeira vez na história do PSDB, surge um bloco de jovens tucanas que têm suas trajetórias próprias, unidas pela ideia de que estamos em um partido que mudou a história do país, para assumir o desafio de romper com a desigualdade de gênero”, disse Ava. 


O presidente do ITV anunciou que o Instituto realizará em breve um grande seminário para debater as questões de gênero. "Não podemos mais admitir que sejam tratados como normais os casos de violência contra a mulher. O PSDB precisa fazer essa discussão", disse Aníbal.

Comentários