Inclusão Social
Vereadora Nancy Thame apresenta balanço sobre avanços nas políticas públicas para as Mulheres
02 de Abril de 2019
Às vésperas do encerramento do mês da mulher, a vereadora Nancy Thame (PSDB), defensora das políticas públicas para mulheres na Câmara Municipal de Piracicaba, destaca algumas ações do mandato que contribuem para o empoderamento, fortalecimento e combate à violência contra as mulheres.

"Nosso objetivo é trabalhar de forma conjunta com todos os órgãos e instituições, sejam públicas, privadas e da sociedade civil organizada que trabalham com a temática para o fortalecimento e empoderamento das mulheres de Piracicaba", destaca a parlamentar, ao acrescentar que mediante união houve vários avanços na cidade.

Nancy elenca que desde 2017, comemora a "Semana e Dia Internacional da Mulher" por meio de programação conjunta com as instituições, promovendo diversas ações, como debates, exposições, intervenções, homenagens, mesas-redondas, painéis, palestras e oficinas, que ocorrem dentro e fora da Câmara.

Além do "Dia e Semana", ela destaca a criação do Fórum Permanente de Empreendedorismo Feminino da Câmara, projeto de sua autoria que desenvolve ações de apoio a mulheres na formação para a regularização do trabalho.
"O empreendedorismo vai além da economia, é o fortalecimento da mulher, pois se ela não alcança a independência econômica, dificilmente conseguirá romper com o ciclo de violência", afirma.

O Fórum promoveu vários encontros para planejamento, diagnóstico para definição de conteúdo, cursos de formação e orientação profissional para as mulheres do bairro Tatuapé, as mães do Serviço de Apoio ao Adolescente com Medida Socioeducativa - SEAME e para ressocializandas do Centro de Ressocialização Feminino de Piracicaba.

Em 2018, venceu o Prêmio de Boas Práticas Legislativas, que é uma iniciativa do Movimento Voto Consciente, em parceria com a Ordem dos Advogados do Brasil de São Paulo, a Associação Paulista de Escolas dos Legislativos e o Laboratório de Gestão Governamental da USP (Universidade de São Paulo).

Resistência contra a opressão e racismo
Outra ação do mandato foi a criação do Dia Internacional da Mulher Negra Latino Americana e Caribenha, um marco internacional da luta e resistência das mulheres negras contra a opressão de gênero, o racismo e a desigualdade socioeconômica", destacou a parlamentar.

Ela afirma que para atender a principal demanda de instituições e movimentos sociais ligados às causas da defesa da mulher em Piracicaba, entrou com emenda na LOA (Lei Orçamentária Anual) para aquisição de uma casa abrigo para as mulheres vítimas de violência. "Conseguimos apenas o abrigamento, por meio de convênio com outra cidade, mas nosso objetivo é a construção de uma unidade em Piracicaba", disse Nancy.

"Essa articulação com as entidades permite o compartilhamento de ideias e a soma de esforços para que neste ano a programação seja mais expressiva, pois combater a violência de gênero é uma tarefa constante e que deve ter o engajamento de toda a sociedade", afirmou Nancy.

Outra conquista do mandato foi os "16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência Contra as Mulheres", instituído no calendário oficial da cidade, por meio projeto de Lei. A data é internacional instituída pela Organizações das Nações Unidas (ONU) e comemorada no Brasil, desde 2003, em Piracicaba passou a comemorar em 2017.

Foi promovido o curso de Empoderamento Feminino pela Escola do Legislativo em parceria a UNIMEP (Universidade Metodista de Piracicaba) com cinco encontros com temas como "Gênero, mulher e o mundo de trabalho", "Direitos humanos e a não discriminação", "Comunicação estratégica" e "Gestão empreendedora feminina".

Procuradoria da Mulher

Foi criado na Câmara, por meio do projeto de resolução 5/2017 a Procuradoria Especial da Mulher com objetivo de zelar pela participação efetiva das vereadoras nos órgãos e nas atividades da Casa.

A Procuradoria é um instrumento de organização, participação e luta das mulheres para a construção de alternativas e ações que contribuam para a superação das desigualdades de gênero e o empoderamento das mulheres, fomenta e amplia a participação efetiva das vereadoras no processo de inserção, acompanhamento e fiscalização dos programas governamentais, em ações para coibir a discriminação e a violência contra a mulher e coopera com organismos na promoção dos direitos e da igualdade de gênero.

(*) Da assessoria de comunicação da parlamentar

Comentários