Inclusão Social
PSDB reforça atuação de segmentos ao longo de 29 anos
23 de Junho de 2017
Ao completar 29 anos de existência no próximo domingo (25), o PSDB vem mostrando durante sua história o real compromisso com os mais diversos segmentos da população. Com o o PSDB-Mulher, a Diversidade Tucana, o Tucanafro, a Juventude PSDB e o PSDB Sindical, o partido tem como principal objetivo estreitar os laços entre a sociedade brasileira e os políticos que a representam - atingindo as mais diversas parcelas da população.

Fundado em 1999, o PSDB-Mulher simboliza a força feminina dentro do partido. Para comemorar o aniversário da sigla, a presidente do segmento, a ex-ministra Solange Jurema (PSDB), relembrou a trajetória do secretariado e enfatizou a importância da criação do partido para o Brasil.

"A criação do PSDB foi importantíssima para o país. O partido deixou legados como a Lei de Responsabilidade Fiscal, o Plano Real e uma série de políticas sociais que fizeram a diferença na vida das pessoas. Essas políticas fizeram o país evoluir e crescer nesses 29 anos", recordou.

A tucana ressaltou também que o "S", que representa a parte social do partido, foi muito explorado pelo ex-presidente Fernando Henrique (PSDB) durante os anos em que governou o país. "No decorrer do governo de FHC, foram criadas a Bolsa Escola, o Ministério da Mulher, o Ministério dos Direitos Humanos, além das a questões envolvendo a educação e o ensino fundamental", disse.

A importância dos segmentos para o direcionamento das políticas públicas para parcelas específicas da população foi ressaltada pela tucana. "Os segmentos, principalmente o da mulher, ajudam o partido a chegar junto da população. Se não fossem os segmentos, o partido ficaria muito elitista e a distância entra a política e a sociedade é uma reclamação antiga do povo", acrescentou.

Sobre o PSDB-Mulher, Solange afirmou que todas as presidentes anteriores tiveram atuações de destaque - o que contribuiu para a solidez do segmento dentro do partido.

"O PSDB-Mulher sempre foi muito organizado e dinâmico, desde quando foi criado com a Yêda Crusius, com a Marisa Serrano, depois com a Maria Abadia e a Luci Montoro. Nós somos hoje quase a metade do partido com mais de 700 mil mulheres por todo o país, que são militantes do PSDB", completou.

Homofobia
A Diversidade Tucana, criada em 2006, é um segmento que tem a missão de mostrar os conceitos e defender os interesses da sociedade sobre a diversidade de gênero. O elo entre a comunidade LGBT (lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais) e os representantes políticos é uma das funções do segmento, que vem protagonizando uma série de mobilizações no setor - especialmente no combate à homofobia.

Presidente do segmento, o tucano Marcos Fernandes (PSDB) afirma que o PSDB tem três pilares: os representantes do povo no parlamento, a sociedade e os filiados. Os segmentos do partido facilitam a interação entre esses pilares. Então, ele afirma ser fundamental a participação dos segmentos tucanos nessa aproximação, sobretudo o da Diversidade - que é uma área nova, promovendo discussões em meio à pouca legislação existente para proteger essa parcela da sociedade.

Marcos disse ainda que, ao logo dos seus 29 anos, o PSDB foi pioneiro nas políticas públicas em defesa da comunidade LGBT. "O PSDB foi construído como um partido que defende a modernidade e um jeito novo de fazer política. A partir de 1995, no governo do FHC, o PSDB mostrou que é possível governar com seriedade e de forma com que a sociedade tivesse ganhos expressivos, tanto na economia como nos direitos humanos. Foram nas gestões tucanas que, pela primeira vez, nós implantamos políticas públicas voltadas para a diversidade", destacou.

Tucanafro
Com apenas quatro anos de existência, o Tucanafro já conquistou um espaço de notoriedade dentro e fora do PSDB. Presidido pelo atual Secretário Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial do governo federal, Juvenal Araújo (PSDB), o segmento cuida da militância negra do partido.

Para Juvenal, a existência do Tucanafro se faz importante para mostrar e defender a real história das políticas de igualdade racial no Brasil. Ele também destacou a importância de atitudes pioneiras do ex-presidente FHC em resguardar e divulgar os direitos das pessoas negras.

"Ele foi o primeiro presidente a declarar que o Brasil era um país racista. Foi através dele que foi assinado o tratado de Durban entre Brasil e o continente africano sobre a necessidade de políticas públicas para a promoção da igualdade racial", relembrou.

Segundo o tucano, o ex-presidente FHC foi precursor na questão do sistema de cotas, o que acabou influenciando também os governos estaduais na época. "O estado de Minas Gerais, através do senador Antonio Anastasia e do senador Aécio Neves, pode ser citado como exemplo de líderes que deram continuidade ao sistema de cotas. Criou-se, na época, dentro da gestão de Anastasia, uma diretoria estadual de políticas para população de favelas e aglomerado e o próprio Franco Montoro criou o Conselho do Negro em São Paulo", afirmou.

Juvenal acrescentou que o PSDB hoje é o partido com o maior número de prefeitos negros. " O TSE fez agora o levantamento dos prefeitos eleitos na última eleição entre pretos e pardos. O PSDB é o partido que tem o maior número de prefeitos eleitos pretos e o segundo partido com o número de vereadores pretos. Isso desmistifica a ideia de que a questão racial é pauta apenas de partidos de esquerda", disse.

Jovens e sindicalistas
A Juventude do PSDB surgiu junto com a fundação do partido, em 25 de junho de 1988. O segmento defende a militância jovem e as ideias novas da democracia brasileira. Atualmente presidida pelo tucano Henrique Vale (PSDB), o secretariado tem se destacado nos debates e na defesa de temas relacionados à parcela jovem brasileira.

Os trabalhadores são representados pelo PSDB Sindical. Criado em 2011, os sindicalistas se uniram com uma proposta de renovação partidária e com o objetivo de ampliar os representantes do movimento sindical em cargos políticos, visando melhores condições para os trabalhadores.

Leia também
PSDB completa 29 anos próximo da marca de 1,5 milhão de filiados

Ao completar 29 anos, PSDB comemora recorde nas urnas

Programa Fundador do PSDB

Comentários