Gestão Eficiente
Saiba mais sobre a "PEC dos Penduricalhos"
03 de Outubro de 2019

Alguns cortes e reformas, como a da Previdência, terão um papel crucial na recuperação do país, ajudando a melhorar o quadro de crise fiscal. Mas é preciso ainda um sacrifício conjunto. É preciso mexer na máquina pública.

Só no primeiro bimestre deste ano, o funcionalismo público federal demandou R$ 28 bilhões. Estamos falando apenas da folha de pagamento dos servidores civis da União. No meio desse montante, estão os famosos supersalários, que dizem respeito a remunerações que estão acima do teto salarial estipulado, de R$ 39,3 mil – 17 vezes maior do que a média salarial brasileira. Há aina as remunerações extras como auxílios creche, mudança, saúde.

Foi pensando nessa questão que o deputado federal Pedro Cunha Lima (PB) apresentou na Câmara a chamada “PEC dos Penduricalhos”, proposta que prevê o corte desses auxílios para agentes públicos que ganham acima de R$ 10 mil.

A PEC dos Penduricalhos é tema do podcast Brasil no Centro, produzido pelo PSDB.

CLIQUE AQUI PARA OUVIR

Comentários