Gestão Eficiente
PSDB dá exemplo de gestão por todo o Brasil
25 de Junho de 2017
O PSDB chega a 29 anos de história com a missão de contribuir com a dura tarefa de reconstruir o país, que ainda enfrenta os efeitos da mais grave recessão econômica já registrada. Por meio das gestões de mais de 800 prefeitos espalhados por municípios de todas as regiões do Brasil - sendo sete capitais -, das administrações de seis governadores e da atuação de seus parlamentares, tanto na Câmara quanto no Senado, o partido tem lutado para consolidar as bases de uma retomada sustentável da economia brasileira, que busca garantir a volta dos empregos e uma maior qualidade de vida para a população.

Atualmente, esta recuperação da estabilidade econômica nas contas públicas, com reflexos diretos no bem-estar da população, tem sido uma das grandes prioridades dos gestores tucanos. A maior cidade do país é exemplo dessa política. À frente da prefeitura de São Paulo, o tucano João Doria tem desenvolvido uma série de parcerias com o setor privado que não somente geram a redução de gastos públicos, mas também trazem oportunidades de emprego a milhares de paulistanos.

Uma das marcas da administração na capital paulista é a diminuição da burocracia para o empreendedorismo e o estímulo à abertura de novas empresas. Lançado no início de março por Doria, o Programa Empreenda Fácil tem como meta reduzir para apenas sete dias o tempo de abertura de empresas na cidade, facilitando a criação de vagas de trabalho e o desenvolvimento econômico e social.

Outra capital administrada pelo PSDB desde o início do ano, Porto Alegre também vem sentindo os efeitos positivos da administração tucana. Com a gestão de Nelson Marchezan Jr., a cidade tem enfrentado uma intensa reforma administrativa para permitir que a crise econômica seja vencida sem prejuízos aos porto-alegrenses.

Nos primeiros meses no comando da prefeitura, Marchezan cortou uma série de cargos comissionados, medida que deve garantir uma economia anual de R$ 42 milhões aos cofres municipais. Assim como Doria, o prefeito gaúcho tem dado enfoque à parcerias com a iniciativa privada, estratégia que tem diminuído os custos do município e permitido maiores investimentos públicos em setores prioritários para a população, como saúde e segurança.

As capitais em que prefeitos tucanos iniciaram seu segundo mandato no início do ano também são grandes exemplos do cuidado do PSDB com a austeridade e o uso eficiente dos recursos, além de ações que visam a retomada dos empregos. Em Belém, cidade administrada por Zenaldo Coutinho, a prefeitura vem trabalhando para facilitar a abertura de empresas e a geração de vagas. Em novembro do ano passado, por exemplo, Zenaldo anunciou a elaboração de um projeto de lei de incentivo fiscal para atrair empresas e negócios para o Centro Histórico da cidade.

Estado
A atuação nos governos estaduais também é prova do modelo de gestão que alia austeridade nos gastos e inovações administrativas. Atualmente, o partido comanda o Paraná, com Beto Richa; Mato Grosso do Sul, com Reinaldo Azambuja; São Paulo, com Geraldo Alckmin; Goiás, com Marconi Perillo; Pará, com Simão Jatene; e Mato Grosso, com Pedro Taques.

No Paraná, um dos grandes destaques da gestão de Beto Richa é o desenvolvimento das indústrias. Criado em 2011, o projeto Paraná Competitivo foi reconhecido como um dos melhores programas de incentivo para a atração de incentivos de todo o mundo pelo jornal britânico Financial Times. A iniciativa, que já soma R$ 42 bilhões em investimentos, era inicialmente voltada apenas para os projetos industriais, mas foi ampliada recentemente para contemplar também incentivos para empresas do varejo, e-commerce e atacadista.

Já em Goiás, um dos carros-chefes do governo de Marconi Perillo tem sido a busca pela internacionalização do estado, por meio de parcerias com outros países para trazer investimentos e empregos. Somente nesse ano, o tucano já realizou missões em países do Oriente Médio, como Arábia Saudita, Líbano e Emirados Árabes. Durante o atual mandato, Marconi já realizou dez missões com o objetivo de divulgar a economia do estado a investidores estrangeiros.

Em São Paulo, a gestão de Alckmin se destaca por, entre outros fatores, investir com qualidade no combate à violência. As mulheres estão entre as principais beneficiadas da gestão tucana: mais de um terço das delegacias especializadas para o público feminino de todo o país está em São Paulo.

Parlamento
Além das medidas implantadas no Executivo, o PSDB tem tido um papel de protagonismo para o reequilíbrio do país também no Congresso Nacional. O partido lidera as discussões das mais importantes reformas estruturantes que garantirão o futuro sustentável da economia brasileira.

A proposta de modernização das leis trabalhistas, que garantirá maior liberdade entre empregadores e contratados sem retirar nenhum direito dos brasileiros, teve relatoria tucana nas duas Casas do Congresso Nacional. Na Câmara, a elaboração do texto ficou sob responsabilidade do deputado federal Rogério Marinho (PSDB-RN). Já no Senado, o tucano Ricardo Ferraço (ES) foi o relator da matéria em duas comissões diferentes: na Comissão de Assuntos Sociais (CAS) e na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE).

O partido também tem atuação determinante nas propostas de reforma tributária, sob a relatoria do deputado federal Luiz Carlos Hauly (PSDB-PR), e de reforma política, cujo texto foi elaborado pelos senadores Aécio Neves e Ricardo Ferraço.

Leia também:
No comando do país, PSDB deixou legado de estabilidade econômica e avanços sociais

PSDB reforça atuação de segmentos ao longo de 29 anos

PSDB completa 29 anos próximo da marca de 1,5 milhão de filiados

Ao completar 29 anos, PSDB comemora recorde nas urnas

Programa Fundador do PSDB

Comentários