Infraestrutura
Dinheiro tinha, faltou usar melhor
07 de Março de 2017
BRASIL REAL - CARTAS DE CONJUNTURA ITV - Nº 142 - FEVEREIRO/2017


Síntese: A aprovação da PEC do teto reacendeu o debate sobre os gastos públicos no país. Opositores da nova regra alegam que vai faltar dinheiro para atender a população. Não é isso que a execução orçamentária dos últimos 13 anos mostra. A cada fim de exercício, sempre sobrou recurso no caixa do Tesouro nacional - e muito. É dinheiro que estava disponível e não foi usado para melhor atender a população. Nos investimentos, 30% não foram usados, sendo transporte e saúde as maiores vítimas. No cômputo geral, o desperdício somou R$ 725 bilhões. Em 2016, a execução melhorou bastante, num sinal de que mau desempenho orçamentário foi marca típica dos governos petistas.

Leia aqui a análise completa

Comentários