Eleições
Tucanos buscam segunda reeleição em capital no Nordeste e vitórias em polos econômicos de Ceará e Pernambuco
20 de Outubro de 2016
A votação para prefeito do PSDB no primeiro turno cresceu em sete dos nove estados do Nordeste, com destaque para a reeleição em primeiro turno do prefeito de Teresina, Firmino Filho, com 51,1% dos votos válidos. Em 30 de outubro, o partido terá a chance de reeleger outro prefeito de capital nordestina, Rui Palmeira, em Maceió. Sem falar nas disputas em Caruaru (PE), com a deputada estadual Raquel Lyra, e Caucaia (CE), com o vereador Eduardo Pessoa. Essas cidades têm tudo para se juntarem aos outros 145 municípios dos quais os tucanos saíram vencedores em 2 de outubro, onde vivem 5,25 milhões de pessoas - se confirmadas as três vitórias no segundo turno, o contingente subirá para cerca de 7 milhões.

"Rui vem fazendo uma excelente administração em Maceió. Durante a campanha, fez uma prestação de contas à população e foi aplaudido. Passou para o segundo turno com mais votos que a soma dos outros dois principais concorrentes", destaca o ex-governador Teotônio Vilela Filho, presidente do PSDB-AL. No dia 2, Palmeira alcançou 46,9% dos votos dos eleitores da capital alagoana, contra 24,7% do segundo colocado, Cícero Almeida (PMDB).

Maceió é a quinta maior cidade do Nordeste, com pouco mais de 1 milhão de habitantes. O PIB do município, segundo o IBGE, é de R$ 16,38 bilhões, formado em cerca de 70% pelo setor de serviços, sobretudo comércio e turismo. Entre outros municípios importantes de Alagoas, o PSDB também vai administrar, a partir de janeiro, Arapiraca - a segunda maior cidade do estado, com 232.671 habitantes e PIB de R$ 3 bilhões, onde o eleito em primeiro turno foi Rogério Teófilo.

"O desempenho do PSDB no estado como um todo foi muito bom, ganhamos bastante musculatura, com a eleição em cidades importantes", completa Teotônio Vilela Filho, ex-presidente nacional do PSDB. "No geral, o partido foi muito bem no primeiro turno, vencendo em duas capitais (São Paulo e Teresina) e em outras cidades importantes. O PSDB atingiu a posição mais interessante entre todos os partidos. Agora vamos em frente."

Avanços em habitação, saneamento e mobilidade
Caruaru, a maior cidade do Agreste pernambucano, é considerada prioritária para o PSDB, por sua influência em toda a região. O município, cujas expressões culturais são mundialmente conhecidas, tem 351 mil habitantes e concentra um PIB de R$ 5,2 bilhões, de acordo com o IBGE. "Raquel vai representar muito bem o partido no comando da cidade, com uma administração moderna, inteligente e bem planejada", defende o Ministro das Cidades, Bruno Araújo.

Segundo ele, a candidata tem um plano de governo focado nas principais demandas dos caruarenses. "A cidade vai avançar em obras importantes para a população, com mais habitação popular, saneamento e mobilidade."

Em Pernambuco, o PSDB elegeu 12 prefeitos no primeiro turno. Entre estes municípios, destacam-se Santa Cruz do Capibaribe, Ipojuca e Gravatá, com 103.660, 92.965 e 82.579 habitantes, respectivamente.

Partido ganha força na região metropolitana de Fortaleza
Caucaia, na região metropolitana de Fortaleza, é a segunda maior cidade do Ceará, com 358 mil habitantes, atrás apenas da capital do estado. Concentra um PIB de R$ 4,5 bilhões, fortalecido pela presença do Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CIPP) - porto que opera movimentando, principalmente, matérias-primas siderúrgicas, produtos siderúrgicos acabados, fertilizantes e cereais.

"Em toda a região metropolitana de Fortaleza, o PSDB teve participação efetiva nessas eleições, com a vitória de vice-prefeitos, prefeitos e vereadores", avalia o deputado federal Raimundo Gomes de Matos, presidente do ITV-CE. Em Caucaia, o partido já integrava a coligação que atualmente administra o município, optando agora pela indicação do candidato próprio. "Sem sombra de dúvidas, essa eleição fortalece ainda mais a densidade eleitoral, política e administrativa na região metropolitana, que detém 40% dos votos do estado", completa o deputado.

No Ceará, o PSDB conquistou 15 administrações municipais no primeiro turno. Entre elas, Itapipoca, Horizonte (também na região metropolitana da capital) e Barbalha.

Nos demais estados do Nordeste, os tucanos ampliaram seu eleitorado e o número de prefeituras na Bahia, no Maranhão, na Paraíba e no Rio Grande do Norte. Em Sergipe, houve redução do total de votos, mas aumento no número de prefeituras. No Piauí, embora tenham diminuído as cidades que terão administração do PSDB, houve aumento do eleitorado e a reeleição na capital, Teresina.

Comentários