Eleições
Senado elege nova Mesa Diretora e PSDB ocupa a Primeira Vice-Presidência com Cássio Cunha Lima
01 de Fevereiro de 2017
Os senadores elegeram, nesta quarta-feira (01/02), os novos membros da Mesa Diretora da Casa para o biênio 2017-2018. Eunício Oliveira (PMDB-CE) foi eleito presidente com 61 votos e em uma composição que considerou a proporcionalidade das bancadas, o ex-líder do PSDB, Cássio Cunha Lima (PB), foi escolhido para ocupar a Primeira Vice-Presidência.

"O Senado tem que ter em mente que precisamos vencer o desemprego. Todos os esforços nesse sentido são indispensáveis neste instante grave para o Brasil", disse Cunha Lima, ao comentar as prioridades do Legislativo. O senador também sinalizou compromisso ainda maior com a Paraíba: “Também o gabinete da vice-presidência será um espaço à disposição dos paraibanos e das demandas que visem a promover o crescimento do estado bem como o bem-estar dos meus conterrâneos”.

Ouça aqui a entrevista de Cássio Cunha Lima à Rádio Senado

O PSDB reafirmou que a indicação de Cássio se deveu ao desempenho dele à frente da liderança do partido, quando revelou notável capacidade de unir, conduzir e de falar pelo partido em um período político especialmente difícil, que culminou com o impeachment da presidente Dilma Rousseff.

A votação se deu por sistema eletrônico, com votos secretos. Tradicionalmente, o partido com a maior bancada fica com a Presidência do Senado, mas pode haver candidaturas alternativas, como foi a de José Medeiros (PSD-MT). "Esse é um critério republicano, democrático, adotado em vários países e de forte tradição no Brasil", explicou o presidente do Instituto Teotônio Vilela, senador José Aníbal (PSDB-SP).

Segundo ele, é essencial que a nova Mesa do Senado atue em sintonia com a agenda que o Brasil precisa adotar para acelerar a reconstrução e a retomada do crescimento. "Temos desafios grandes que precisam ser vencidos a favor do Brasil", afirmou Aníbal. Entre esses desafios, destacou o presidente do ITV, estão a reforma da Previdência e as mudanças na legislação trabalhista. "Neste sentido, o papel do Senado e da Câmara é crucial", completou.

A eleição da nova Mesa Diretora da Câmara acontece nesta quinta-feira (02/02).

Comentários