Educação
Voltar ao AI-5 é mergulhar no obscurantismo
31 de Outubro de 2019
O AI-5 foi um dos mais tristes períodos da história brasileira. Congresso Nacional fechado, perseguição a parlamentares de oposição ao regime, cassação de mandatos, exílio. Suspensão de garantias constitucionais, fim das eleições diretas. Censura para a imprensa, a educação e a cultura. Institucionalização da tortura, violência contra quem ousasse pensar diferente.

Trazê-lo de volta, como sugere o deputado Eduardo Bolsonaro, é mergulhar no obscurantismo. É inaceitável que o parlamentar, filho do presidente da República, mencione como solução de conflitos um instrumento de violência, intolerância, perseguição, cerceamento de liberdades individuais.

Isso é tudo o que o Brasil não precisa agora. AI-5 (ou qualquer dispositivo que a ele se assemelhe) não é solução. É apenas não permitir que se fale sobre o problema.

Comentários