Economia
Parcerias com setor privado geram economia de R$ 4 milhões para Prefeitura de Manaus
13 de Agosto de 2019

A Secretaria Municipal de Parcerias e Projetos Estratégicos (SEMPPE) foi criada há um ano e meio pela gestão do tucano Arthur Virgílio Neto em Manaus, com a missão de efetivar parcerias com a iniciativa privada para a implementação de projetos de interesse coletivo. O objetivo é desonerar a administração pública e elevar a arrecadação da capital amazonense.


Neste período, foram implementadas 72 ações, entre elas doações, adoções e revitalizações de espaços públicos, gerando impacto positivo de R$ 4 milhões nas contas da Prefeitura. Há ainda a estimativa de alcançar até R$ 6,5 milhões em desoneração aos cofres do município até o final deste ano.


Na quarta-feira (07/08), a titular da Semppe, Maria Josepha Chaves, e a subsecretária Amanda Rocha apresentaram um balanço dos projetos estratégicos e parcerias desenvolvidos pela Prefeitura, em Tribuna Popular realizada na Câmara Municipal de Manaus.


“É uma oportunidade enorme vir e trazer o resultado do trabalho da Semppe, uma secretaria criada pelo prefeito Arthur Virgílio Neto com esse diferencial de unir o poder público com a iniciativa privada para o bem maior que é a cidade de Manaus”, disse Josepha Chaves. “O ponto principal do nosso trabalho é encontrar parceiros que revitalizem, mas que também possam dar manutenção aos espaços públicos. Não se trata de um acordo por um período político, por causa de um mandato, uma vez que todos os termos de adoção e convênios assinados têm cinco anos de duração” ressaltou a secretária


Tribuna Popular recebeu os resultados positivos da Semppe/Manaus

A Tribuna Popular teve o objetivo de foi informar a população sobre as atividades e parcerias desenvolvidas pela Semppe, além de envolver empresários com interesse em investir nos espaços públicos, aumentando a consciência de que as melhorias são para a população e também para os negócios.


“A equipe da Semppe fica responsável por ouvir uma comunidade, desenvolver o projeto com essa comunidade, levar ao parceiro privado esse projeto desenhado, mostrando quais seriam os possíveis custos e iniciam as tratativas de ajustes. Agradecemos aos empresários das áreas de serviços, construtoras e aqueles que abraçaram uma causa maior que é do pertencimento e do amor pela nossa cidade”, completou Josepha Chaves.


(*) Com informações da Secom – Prefeitura de Manaus

Comentários