Economia
Gestão petista combinou incompetência e corrupção sistêmica, afirma Everardo Maciel
23 de Maio de 2016

O governo de Michel Temer deve se mostrar como interino, de transição, a fim de evitar cobranças por soluções impossíveis. Além disso, deve agir com transparência, buscando resolver questões estratégicas. A avaliação é do consultor jurídico, ex-secretário da Receita Federal, Everardo Maciel. “Ao lado disso, o governo precisa atacar o que é urgente: a crise fiscal. O que foi feito em termos de incompetência de gestão no governo do PT é inimaginável", afirmou em entrevista ao Portal do ITV.


Segundo ele, há soluções criativas que não sejam, necessariamente, aumento de impostos: redução de despesas –  inclusive aquelas cuja obrigatoriedade é passível de reformas; privatização de ativos que o Estado não pode operar e resolução de litígios da União, que tem hoje mais de R$ 1,4 trilhão inscritos na dívida ativa.  


Maciel afirma ainda que, seguramente, haverá mudança no clima para investimentos no Brasil. “Sob esse aspecto é evidente que há um salto de qualidade. Como estava, ninguém investia, pois o governo, a qualquer instante, poderia fazer uma interferência desastrosa na economia. Agora o clima é outros”, conclui.


Confira!  

 

Comentários