Ranço ideológico e vida real
Pedro Parente
Pedro Parente
01 de Fevereiro de 2017

A Petrobras, recentemente, foi alvo de polêmica por ter convocado somente empresas "estrangeiras" para participar da concorrência para a construção, no Rio, da unidade de processamento do gás do pré-sal.


O fato revela total desconhecimento das diretrizes da Petrobras, além de um ranço ideológico do mesmo tipo que sustentou a intervenção estatal que tanto prejuízo trouxe ao país nos últimos anos e cuja expressão mais dramática são os atuais 12 milhões de desempregados.


Ideologias, quando levadas ao extremo, tornam as pessoas impermeáveis a argumentos e fatos. Discutir a origem do capital investido no Brasil é um exemplo. Superada pela Constituição, que não faz distinção entre capital nacional e estrangeiro, essa discussão tem pouca utilidade na vida real.

Leia a ÍNTEGRA DO ARTIGO, publicado na "Folha de S.Paulo", em 01/02/2017 

Comentários